Depoimento “bomba” aponta que MC Kevin fazia sexo extraconjugal antes de cair e morrer em hotel

A modelo Bianca Domingues, que estava no quarto 502 do hotel na praia da Barra da Tijuca, onde o funkeiro Kevin Nascimento Bueno, o MC Kevin, caiu e morreu, relatou à polícia que estava mantendo relações sexuais com ele na varanda.

De acordo com o Jornal O Dia, em depoimento, ela disse que o artista tentou sair do local, com medo da esposa, a advogada Deolane Bezerra, pulando para o apartamento de baixo, mas se desequilibrou.

“Ele acreditava que a esposa estava na porta do quarto, ficou assustado e tentou sair”, disse ao delegado titular da 16º DP (Barra da Tijuca), Henrique Damasceno.

A Polícia Civil sabe que apenas três pessoas estavam dentro do quarto do hotel. Além de MC Kevin e Bianca, o funkeiro Victor Elias Fontenelle também estava no local. Os três fizeram sexo no quarto e, logo depois, Bianca e Kevin seguiram para a varanda.

Além deles, uma quarta pessoa, que seria amigo pessoal do MC, é investigada por tentar entrar no quarto. A Polícia Civil apreendeu os celulares de todos os envolvidos. Os exames realizados no local onde o artista caiu devem ficar prontos ainda nesta terça. A polícia pediu exames para saber se houve uso de drogas e bebidas alcóolicas.

À polícia, a moça contou que conheceu Kevin e Victor na orla da Barra. Depois de alguns minutos de conversa, decidiram ir para o quarto do hotel, onde tiveram relações.