PEC que veta militar da ativa em cargo político busca 80 assinaturas

Fonte: Bahia.Ba

Faltam cerca de 80 assinaturas de deputados para que a deputada Perpétua Almeida, do PCdoB do Acre, apresente uma proposta para impedir que militares da ativa ocupem cargos no governo.

Segundo a coluna de Guilherme Amado, do portal Metrópoles, o texto ganhou tração após a decisão do Exército, na quinta-feira (3), de livrar Eduardo Pazuello de punição por participar de um ato político com Jair Bolsonaro.

Almeida já obteve o apoio de aproximadamente 90 dos 171 colegas para apresentar sua proposta de emenda à Constituição. O texto recebeu o apoio de Rodrigo Maia. Segundo o projeto, que só será protocolado e tramitará quando conseguir as assinaturas necessárias, militares com mais de dez anos de caserna — com as maiores patentes — iriam para a reserva automaticamente ao tomar posse no governo. Fardados com menos de dez anos de atividade seriam afastados.