“Supermaconheiro”? Homem é achado com droga potente em mala na Bahia e diz ser para consumo próprio

Fonte: Aratu On

Um homem que não teve a identidade divulgada foi preso em flagrante ao tentar transportar skunk, droga popularmente conhecida como supermaconha, dentro de bagagem em um ônibus. O fato foi registrado na noite de quinta-feira (24/6) na BR-116, trecho de Feira de Santana, a 109 km de Salvador.

Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), agentes faziam a fiscalização na rodovia quando deram ordem de parada ao veículo de viagem, que seguia de São Paulo com destino a Natal. Os cães farejadores Kora e Regis indicaram a presença de drogas em uma das malas encontradas no bagageiro externo.

No interior do acessório foram encontradas 300 g de skunk enroladas em plástico e com uma mistura de naftalina utilizada para disfarçar o forte odor da droga e despistar policiais ou cães farejadores em caso de fiscalização. O passageiro apontado como proprietário pela mala relatou que é usuário e a droga seria para consumo próprio.

Ainda conforme a PRF, o skunk é uma droga produzida em laboratório feita através de vários cruzamentos de tipos de maconha. Por ser feita a partir da própria maconha, essa droga possui os mesmos efeitos, porém potencializados: palidez, excitação, risos, depressão ou sonolência, aumento de apetite por doces, olhos avermelhados, dilatação das pupilas e alucinações.

O homem de 28 acabou sendo preso em flagrante e encaminhado para a Delegacia de Polícia Judiciária, pelo crime de tráfico e pode pegar de 5 a 15 anos de prisão.