Ministério da Saúde atualiza recomendações de vacina para gestantes e puérperas

Fonte: Radar da Bahia

Em coletiva nesta quinta-feira (8), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, informou as novas orientações de vacinação para mulheres gestantes e puérperas sem comorbidades. Segundo Queiroga, esse grupo será incluído de novo no Plano Nacional de Imunização (PNI).

“Não há porque suspender a vacinação, até porque, gestantes, grávidas, que não sabem ainda estarem grávidas, recebem vacinas, têm uma evolução satisfatória e seria benéfico para elas também. Por isso, o PNI entendeu que deveríamos incluí-las novamente. Essa é a regra agora”, disse o ministro.

Na ocasião, Queiroga ressaltou que foi realizada uma revisão após investigação de efeitos adversos das vacinas durante a gestação.

O secretário do Ministério da Saúde, Raphael Câmara, reiterou: “Com as grávidas, é cuidado extremo, excesso de zelo e avaliação risco-benefício. Por isso, os especialistas concluíram que, neste momento, é melhor vacinar todas as grávidas e puérperas com as vacinas que mostram mais segurança”.