PF vai investigar se clientes do Rei do bitcoin usaram o esquema para lavar dinheiro outros crimes

Fonte: Bahia.Ba

A Polícia Federal vai investigar se clientes das corretoras de criptomoedas ligadas a ao ‘Rei do Bitcoin’, Claudio José de Oliveira, utilizaram o esquema de pirâmide para lavar dinheiro de outros crimes.

Conforme aponta um relatório produzido pelo Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras), utilizado pela PF, foram realizadas milhares de transações suspeitas de pessoas físicas e jurídicas que de alguma forma se relacionaram com as empresas de Oliveira

De acordo com a coluna Painel da Folha, ele teria desviado R$ 1,5 bilhão de 7 mil clientes.