Em vídeo, Dj Ivis chora, reconhece erros e pede perdão a Pamella Holanda; “poderia ter feito diferente”

Fonte: Aratu On

Dj Ivis, preso na última quarta-feira (14/7) por agredir a ex-companheira Pamella Holanda, aparece em novo vídeo, pedindo perdão para a modelo. O vídeo foi divulgado com exclusividade pelo colunista Leo Dias, do Metrópoles.

De acordo com a assessoria do artista, a gravação foi feita pelo artista cerca de 20 minutos antes da prisão. A defesa do Dj afirma que ele não teve tempo de divulgar o vídeo, por conta da chegada dos policiais em sua casa.

Nas imagens, ele aparece chorando e admite o erro. O discurso é bem diferente do adotado por ele logo quando o assunto veio à tona. Na ocasião, ele chegou a tentar ‘culpar’ ex-mulher e chegou a chamá-la de “louca”, além de afirmar que ela fazia chantagens.

“Agora eu vejo a coisa mais errada que já fiz na minha vida, a atitude que tomei. Eu poderia ter feito diferente, mas não fiz. Pedi ajuda a todo mundo e ninguém pôde me ajudar. O que fiz com a Pamella não posso mais voltar atrás. Quando vi domingo a matéria subindo, tentei reagir. Não me justificando, mas eu agi errado mais uma vez. Eu estou me vendo hoje sozinho, tentando ser forte. Mas não existe mais força”, diz, em vídeo.

No discurso, ele também afirma que as pessoas se afastaram, mas que ele “não é esse monstro”. “Para você, Pamella, eu errei. Assumo meu erro. As pessoas que convivem comigo sabem quem eu sou de verdade. Eu não consigo mais ser forte com isso, vendo as pessoas se afastarem de mim por uma atitude errada que tomei. Eu não sou esse monstro. Não sou essa pessoa ruim”, dispara.