Anvisa autoriza testes com terceira dose da AstraZeneca

Fonte: Bahia.Ba

Um estudo que prevê uma terceira dose da vacina contra a Covid-19 da AstraZeneca/Oxford foi autorizado pela Anvisa nesta segunda-feira (19). Outro teste – com uma versão da vacina voltada à variante delta – já havia sido permitido pela agência federal na semana passada.

Na pesquisa liberada nesta segunda, a terceira aplicação ocorrerá entre 11 e 13 meses depois. Neste caso, será adotada a mesma substância injetada nas duas primeiras aplicações.

“Trata-se de um estudo de fase III, controlado, randomizado, simples-cego, ou seja, em que só o voluntário não saberá o que tomou: se uma dose da vacina ou de placebo”, explicou a Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

O estudo será realizado somente no Brasil, na Bahia (1.500 voluntários) e nos estados do Rio de Janeiro (1.500), Rio Grande do Sul (3.000), Rio Grande do Norte (1.500) e São Paulo (2.500).