Para integrantes do PSD, Alckmin é imprescindível para plano de Pacheco candidato a presidente

Fonte: Bahia.Ba

A saída do ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin do PSDB para o PSD é vista como imprescindível para o plano de fazer o senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG) candidato a presidente no pleito de 2022.

Segundo a coluna Painel, da Folha, integrantes do PSD indicam que, com a chegada de Alckmin no partido, o presidente nacional da sigla, Gilberto Kassab, tiraria o ensaio de candidatura de Pacheco do papel.

Na análise de parlamentares da sigla, Alckmin fortalece a sigla no maior colégio eleitoral e consolida estrutura com palanques nos principais estados. A conta feita é a de que o PSD está forte em locais chaves como Bahia, Rio, Minas, Paraná e, caso Alckmin confirme, também estará em São Paulo.