Bahia resiste no primeiro tempo, mas perde mais uma

Fonte: Bahia.Ba

O esquema com três volantes do técnico do Bahia, Dado Cavalcanti, funcionou no primeiro tempo, mas na etapa final o atacante Huck marcou duas vezes (uma de pênalti). Com isso, o Atlético Mineiro bateu o Bahia por 3×0, neste domingo (25), em jogo iniciado às 11hs, em Belo Horizonte. O zagueiro Nathan Silva fechou o placar.

Nos últimos três jogos, o Bahia não conseguiu nem pontuar nem fazer gol. Antes, havia perdido por 1×0 para o São Paulo e de 5×0 para o Flamengo.

Agora, a expectativa do tricolor é conseguir a liberação do meia Daniel, que completou quatro das oito partidas de suspensão pela briga na final da Copa do Nordeste. O jurídico do clube deve tentar a conversão do restante da pena por multa, como ocorreu com o lateral Nino Paraíba. Para tanto, o atleta precisa cumprir ao menos metade da pena.

Na quarta-feira (28), o Bahia reencontra o Galo, em Minas, mas pela Copa do Brasil. No Brasileiro – onde permanece na oitava posição mas a rodada ainda será finalizada -, o time baiano tem clássico nordestino contra o Sport, no próximo domingo (1º), em Salvador.

Neste domingo, Dado montou o time com Matheus Teixeira; Nino Paraíba, Ligger, Conti e Matheus Bahia (Juninho Capixaba); Jonas (Raniele), Patrick de Lucca e Lucas Araújo (Matheus Galdezani); Rossi (Óscar Ruíz), Gilberto e Rodriguinho (Maycon Douglas).