Após sete meses no cargo, Hélio Jorge, “número 2” da Secretaria de Segurança Pública da Bahia, é exonerado

Fonte: Aratu On

O subsecretário da Secretaria de Segurança Pública da Bahia, Hélio Jorge Oliveira Paixão, foi exonerado do cargo. Decreto confirmando o ato foi publicado na edição desta sexta-feira (30/7), do Diário Oficial do Estado (DOE).

Hélio, que é delegado da Polícia Civil, assumiu o posto em dezembro de 2020 após escândalo envolvendo o então secretário Maurício Barbosa, assim como o novo comandante da pasta, Ricardo Mandarino. Antes disso, ele respondia interinamente pela Superintendência de Inteligência da SSP-BA quando Rogério Magno deixou o posto.

O delegado é formado em direito pela Universidade Federal da Bahia, pós-graduado em Gestão da Segurança Pública, pós-graduado em Política e Estratégia, MBA em Gestão da Segurança Corporativa.

Sua carreira, iniciada na Divisão de Proteção à Infância e a Adolescência (DPIA/DEIC), em 1995, conta ainda com passagens pelo comando da Polícia Civil, em janeiro de 2011, titularidade da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV), coordenação geral do Centro de Operações Especiais (COE), diretor de Polícia do Interior (Depin), diretor do Departamento Narcóticos e Superintendência de Telecomunicações da SSP.

Em nota, a SSP alegou que a exoneração do subsecretário é “apenas um trâmite administrativo obrigatório, nos casos em que o servidor alcança o tempo necessário para a aposentadoria, e que uma nova nomeação será publicada retransmitindo o servidor ao cargo”.