Prefeito é preso após mostrar partes íntimas e pedir “nudes” para adolescente; outras pessoas já o denunciaram

Fonte: Aratu On

O prefeito do município goiano de São Simão, cidade a 365 km da capital, Goiânia, Francisco de Assis Peixoto (PSDB), está preso após mostrar as partes íntimas para um adolescente de 15 anos.

Peixoto foi denunciado pelo Ministério Público por importunação sexual e tentativa de compra e venda de pornografia infantil. O Tribunal Regional Eleitoral ainda não tomou nenhuma decisão sobre o caso, que veio à tona após a mãe do garoto perceber o teor do conteúdo. A mulher, então, resolveu armar um cerco e flagrou as videochamadas.

Além do vídeo de si próprio, o prefeito pediu que o jovem enviasse fotos pornográficas. O material foi levado ao Ministério Público como prova. O órgão pediu e a Justiça autorizou a prisão preventiva dele, no final de julho. Cinco outras vítimas procuraram o MP, que já identificou 17 crimes. No entanto, estes já foram prescritos.

A defesa do político pediu um habeas corpus, que não foi concedido. O tucano pediu afastamento da Prefeitura, apresentando um atestado médico afirmando que estava com problemas de saúde. O pedido foi negado pois o documento era de 2015.