Em reunião com Barroso, Mourão nega que forças armadas pretendem apoiar possível golpe de Bolsonaro

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso e o vice-presidente da República, Hamilton Mourão se reuniram de forma reservada na última terça (10), durante o desfile de tanques em Brasília.

Segundo informações do jornal Estadão, Barroso teria dito a Mourão que está preocupado com uma possível ruptura entre as instituições e questionou se as forças armadas apoiariam um golpe de Bolsonaro.

Ainda segundo a publicação, Mourão negou que as forças armadas têm intenção de apoiar um golpe e que também não pretendem impedir a realização de eleições em 2022, com ou sem o voto impresso.