Produção dos campos de cessão onerosa cresce 6,23% em julho

Fonte: Bahia.Ba

A produção dos campos da Cessão Onerosa teve crescimento de 6,23% em julho, alcançando 921.741,68 barris de óleo equivalente por dia (boe/d). A área também registrou naquele a maior participação no total do país (23,51%). Os dados são da Agência Nacional do Petróleo, que usa a unidade boe/d para converter a produção de gás em algo equivalente ao volume de petróleo.

A Cessão Onerosa é um regime de contratação direta de áreas específicas de petróleo da União para a Petrobras. A Lei n.º 12.276/2010 concedeu à Petrobras o direito de extrair até cinco bilhões de barris de boe de áreas não concedidas localizadas no Pré-sal. Com a constatação da existência de volumes totais de petróleo recuperável excedentes a esse volume, em quatro campos petrolíferos contratados sob esse contrato (Búzios, Atapu, Itapu e Sépia), o Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) autorizou a ANP a licitar os volumes excedentes.

Estão em operação atualmente os campos de Búzios, Atapu e Sul de Tupi. Em julho, Búzios foi o maior produtor, com 710.831,62 boe/d. Atapu teve uma produção total de 142.095,69 boe/d. A produção neste campo aumentou 27% em comparação ao mês anterior, impulsionado pela plataforma P-70. Já Sul de Tupi somou 68.814,37 boe/d.