Comissão do Senado aprova novo mandato para Aras na PGR

Nesta terça-feira (24), foi aprovado por 21 votos a 6, a recondução para o cargo de procurador-geral da República de Augusto Aras. Agora, Aras precisa passar pela aprovação do plenário principal do Senado para ficar mais dois anos à frente do Ministério Público. A votação no plenário é secreta, e o indicado necessita de, pelo menos, 41 votos favoráveis, para ser reconduzido.

O baiano Augusto Aras foi indicado para a PGR pela primeira vez em 2019 pelo presidente Jair Bolsonaro. Em julho deste ano, Bolsonaro indicou Aras para um novo mandato à frente do Ministério Público Federal.

De acordo com a Constituição, cabe ao Senado sabatinar e votar os indicados para a chefia do Ministério Público.