PF acha R$ 20 milhões em espécie na casa de suspeito de fraude em esquema de ‘pirâmide’

Fonte: BNews

Agentes da Polícia Federal apreenderam ao menos R$ 20 milhões em espécie na casa do dono da GAS Consultoria Bitcoin, Glaidson Acácio dos Santos, preso no início da manhã desta quarta-feira (25) na Operação Kryptos. Oficialmente, a Polícia Federal ainda não divulgou o valor apreendido na residência.

A ação foi comandada por PF, Ministério Público Federal (MPF) e Receita Federal. Glaidson é suspeito de fraude que movimentou “cifras bilionárias”, informa o G1. Segundo as investigações, Glaidson, cujo histórico profissional era de garçom, movimentou em pouco tempo R$ 2 bilhões em suas contas.

Ele foi preso em uma mansão na Barra, na Zona Oeste do Rio. Policiais apreenderam na casa dele reais, dólares e euros em espécie e até barras de ouro. O Bom Dia Rio apurou que o volume de dinheiro vivo surpreendeu até os agentes que participam da ação: “Nem na Lava Jato”, disse um. Ainda de acordo com os agentes, a GAS também se apresentou como proprietária de R$ 6,9 bilhões apreendidos em Búzios.

O Fantástico desta semana mostrou que a GAS era investigada há dois anos pelo esquema, mas se disfarçava de consultoria em bitcoins, uma moeda digital.