Bolsonaro chama de “idiota” quem quer comprar feijão e diz que população “tem que comprar fuzil”

Fonte: Aratu On

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) conversou com apoiadores no Palácio da Alvorada, residência oficial da presidência, nesta sexta-feira (27/8), e chamou de “idiota” quem diz que precisa comprar feijão, e defendeu a compra de fuzis pela população.

No diálogo, um simpatizante perguntou ao presidente se havia novidade para caçadores, atiradores e colecionadores, os chamados CACs. “O CAC está podendo comprar fuzil. Tem que todo mundo comprar fuzil, pô. Povo armado jamais será escravizado. Eu sei que custa caro”, afirmou Bolsonaro, sendo aplaudido por apoiadores. “Tem um idiota: ‘Ah, tem que comprar é feijão’. Cara, se não quer comprar fuzil, não enche o saco de quem quer comprar”, finalizou.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE),a inflamação para a alimentação em domicílio mais que dobrou entre os meses de junho e julho deste ano, para de 0,33% para 0,78%. Os dados foram coletados através do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação oficial do país.