“Pretendo fazer o que o PT não fez em 16 anos”, diz ACM Neto sobre violência na Bahia

Fonte: Aratu On

O presidente nacional do Democratas, ACM Neto (DEM), afirmou na noite desta quinta-feira (27/8) que pretende, em quatro anos como governador, fazer mais do que os governos do PT fizeram em 16 anos pelo Extremo Sul do estado. A declaração foi dada durante encontro com lideranças em Itamaraju em mais uma edição do movimento Pela Bahia, que passa também pelas cidades de Caravelas, Alcobaça, Prado e Teixeira de Freitas.

Em seu discurso, Neto falou sobre desafios do estado nas áreas essenciais, como educação, saúde e segurança, e voltou a destacar a necessidade de investimento no desenvolvimento regional, aproveitando as potencialidades de cada região do estado. Participaram do encontro prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e deputados estaduais e federais, além de lideranças locais.

“Se Deus me permitir chegar ao governo da Bahia, o que não foi feito aqui em seis anos será feito em dois pela parceria e pelo trabalho que eu vou fazer com vocês. E vou dizer mais em um mandato como governador, eu pretendo fazer o que eles (os governos petistas) não fizeram em quatro mandatos em 16 anos pelo extremo sul da Bahia”, afirmou Neto.

Já na segurança, Neto ressaltou que a Bahia segue na liderança do ranking de homicídios do país, sendo responsável por 14% das mortes violentas do país. “A gente enfrenta isso colocando no governo alguém que tem energia, coragem, que bata no peito, enfrente o problema e leve a solução. A Bahia precisa de um governador que se envolva pessoalmente no enfrentamento ao crime, que bote para fora os bandidos, que eles vão pra outro lugar, mas que na Bahia eles não possam se criar”, salientou.