Ciro Gomes vai entrar na Justiça por ataques a ele financiados por cofundador do Spotnik

Fonte: A Tarde

Pré-candidato do PDT à presidência, Ciro Gomes promete entrar com uma ação na Justiça e na CPI das Fake News para investigar o financiamento na rede social de uma publicação em ataque a ele, feita pelo cofundador do site Spotniks, Felippe Hermes.

Hermes também é editor da página de direita Liberdade BR, que publicou o texto contra o pedetista intitulado “Quanto custaria reverter a privatização da Petrobras como quer Ciro Gomes”. Na publicação no Facebook, o perfil classifica como uma das “ideias malucas” do ex-ministro que “vão acabar fazendo o país parar no SPC”.

“Compreendemos que não se trata apenas de livre expressão do pensamento, nem divulgação jornalística – o que defendemos democraticamente — mas de pagamento de uma ação negativa nas redes sociais contra um pré-candidato à presidência. Isso é ilegal e é assunto muito grave”, diz a nota, que cobra explicações sobre a motivação de Felippe Hermes e qual a “origem” dos “recursos” envolvidos no patrocínio.

O comunicado reitera que o PDT solicitou que equipes técnicas procurem outras possíveis “ações negativas pagas” contra Ciro Gomes, que é hoje uma das maiores “vítimas de fake news” entre os políticos brasileiros.