Nova Zelândia registra primeira morte relacionada a Covid-19 em seis meses

Neste sábado (4), a Nova Zelândia contabilizou sua primeira morte ligada ao coronavírus em seis meses, em meio a um ressurgimento da covid-19 no país oceânico que, segundo as autoridades, começa a ficar sob controle

De acordo com a Agence France-Presse, a 27º vítima mortal da pandemia na Nova Zelândia é uma mulher de 90 anos com outras complicações de saúde e que não conseguiu receber um respirador ou ser internada em um leito de UTI. Ela acabou morrendo em um hospital de Auckland na última sexta-feira (3).

A Nova Zelândia luta desde meados de agosto contra o avanço da pandemia, quando foi detectado o primeiro caso de contágio local em seis meses.

As autoridades voltaram a adotar medidas mais rígidas de confinamento, e, desde então, 782 casos da doença foram registrados, especialmente em Auckland. Também segundo a publicação, nas últimas 24 horas, foram detectados 20 novos casos positivos.

O montante é inferior ao pico de 84 infecções verificadas entre os dias 28 e 29 de agosto.