Suspeito de estuprar e matar mãe é solto após perícia apontar que vítima morreu em razão de AVC

Fonte: BNews

Um homem preso no último dia 31 de agosto após ser acusado de estuprar e matar a própria mãe foi solto pela Justiça do Ceará nesta quinta-feira (9). De acordo com o jornal Diário do Nordeste, apesar de ter admitido a autoria do crime, o homem, de 35, teve sua liberdade concedida após laudos da perícia realizada no corpo da idosa de 65 anos apontarem que a causa da morte da mulher foi um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Por meio de nota divulgada nesta quinta-feira, a Defensoria Pública do Ceará informou que os exames também não apontaram nenhum sinal de violência sexual e nem presença de sêmen. “No mesmo despacho, o Poder Judiciário designou a Defensoria Pública para acompanhar o caso e prestar a assistência necessária aos envolvidos”, relatou.

No dia em que o suspeito foi preso, policiais haviam localizado o corpo da idosa dentro da casa onde a família morava. Em contrapartida, o defensor público responsável pelo caso garantiu que foi comprovado que a idosa foi vítima de um AVC. “O boato de alguma forma se espalhou pela cidade e por isso o filho foi preso sob acusação”, justificou.

Além disso, o profissional diz se preocupar com a integridade física do homem que está acolhido por sistema de proteção. “Por isso é tão importante que seja divulgado que ele é inocente para que as reparações possam ser realizadas de forma adequada”, argumentou o defensor público.