Queiroga prevê fim da obrigatoriedade de máscara ao ar livre em novembro

Fonte: Radar da Bahia

Com o avanço da vacinação no Brasil, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, poderá recomendar o fim do uso obrigatório de máscaras ao ar livre a partir de novembro. O país tem registrado seguidos declínios nos números de casos e mortes por coronavírus.

Na última segunda-feira (13), o Brasil registrou a média móvel de casos positivos para a doença em 15.336, menor número desde maio de 2020, quando a pandemia chegou ao país.

Segundo informações do colunista Igor Gadelha, o presidente Jair Bolsonaro está pressionando Queiroga para o fim da obrigatoriedade.

O ministro da Saúde teria afirmado nos bastidores que é pessoalmente favorável ao uso de máscaras, mas é contra tornar a medida obrigatória.