Jovem de 19 anos é encontrada morta com marcas de facadas e estrangulamento; ex e colegas de faculdade são suspeitos

Fonte: Aratu On

Com sinais de facadas e estrangulamento, o corpo da estudante Sashira Camilly, de 19 anos, foi encontrado nesta quinta-feira (16/9), na cidade de Planalto, a 50 quilômetros de Vitória da Conquista, cidade em que ela morava, no sudoeste da Bahia. O ex-namorado da vítima é um dos suspeitos de cometer o crime.

Segundo informações do Blog do Sena, a garota desapareceu na quarta-feira (15). Após ter sido dopada, elafoi levada para a Lagoa das Flores, zona rural de Vitória da Conquista, onde foi esfaqueada, estrangulada e morta.

Principal suspeito, o ex-namorado de Camilly já agredido a jovem. Havia, inclusive, uma medida de proteção para ela contra o rapaz. Outros dois suspeitos seriam colegas de faculdade da vítima e amigos do principal suspeito.

O padrasto da universitária, Célio Barbosa, é presidente do Conselho de Segurança e fez um depoimento durante coletiva de imprensa no Distrito Integrado De Segurança Pública (Disep):

“Eu quero mostrar aqui um pai sofrido, pela perda de uma filha, desse feminícidio que aconteceu. Esse rapaz não deixou minha filha viver e falava que se ela não vivesse com ele não viveria com mais ninguém. Então, ele premeditou, ele acabou com nossa família, minha esposa está numa situação difícil, nosso filho de 11 anos de idade… Não sei o que será da nossa vida”.