Morre fundador do Projeto Axé, o italiano Cesare La Rocca

Fonte: Radar da Bahia

Morreu na tarde desta quarta-feira (15), em Salvador, o italiano Cesare de Florio La Rocca, fundador do projeto Axé, que atende crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social através da arte-educação na Bahia.

A informação foi confirmada em nota emitida pela Organização Não-Governamental (ONG), no início da noite desta quarta. Ele estava internado no Hospital Santo Antonio, das Obras Sociais Irmã Dulce. A causa da morte não foi revelada e também não foram dadas informações sobre o sepultamento de Cesare, que tinha 83 anos e morava na capital baiana há mais de três décadas.

Cesare chegou ao Brasil no final dos anos 60 e vivia, desde 1990, em Salvador, onde montou a sede do projeto Axé no Pelourinho, no Centro Histórico de Salvador. Através da ONG criada por ele, mais de 30 mil crianças e jovens carentes da Bahia tiveram acesso a ações educativas e culturais, como aulas de capoeira, dança, música e moda.

O italiano já foi representante do Fundo das Nações Unidas para Infância (Unicef) no Brasil e também ajudou na elaboração do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que garante cidadania e direitos para este público.

Em 2015, Cesare recebeu, da Assembleia Legislativa da Bahia, o título de Cidadão Baiano, maior honraria da casa, concedida para pessoas que prestaram relevantes serviços no estado. No mesmo ano, o projeto Axé foi homenageado na Câmara Municipal, em razão dos 25 anos de atividades. O projeto Axé é reconhecido internacionalmente. Em 2018, o cantor Roger Waters, ex-Pink Floyd, convidou alunos da ong para subirem ao palco com ele durante show na Arena Fonte Nova.

No mesmo ano, o DJ Alok conheceu a sede do projeto, destinou o cachê recebido na apresentação do carnaval de Salvador para as atividades oferecidas no espaço e também gravou vídeos com algumas das crianças beneficiadas. A cantora baiana Ivete Sangalo também é uma das parceiras do trabalho desenvolvido por Cesare, apoiado pelo Criança Esperança, campanha nacional de mobilização social promovida pela Rede Globo, em parceria com a Unesco (Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura).