Rui e 19 governadores assinam carta contestanto informação de que o ICMS seja razão para a alta dos combustíveis

Fonte: Metro1

O governador Rui Costa reafirmou, nesta segunda-feira (20), a importância de combater a disseminação de notícias falsas em torno da ideia de que os governos estaduais sejam responsáveis pelo aumento dos preços de combustíveis. “A busca pela verdade e a defesa da estabilidade institucional nos levam a, mais uma vez, lutar contra a prática perigosa de distorcer os fatos. Pedimos, novamente, um esforço conjunto e providências urgentes no combate à prática desonesta da disseminação de Fake News, sejam elas relacionadas aos preços dos combustíveis ou a quaisquer outros assuntos da vida nacional”.

Junto com 19 governadores, Rui assinou uma carta que contesta a versão de que os preços dos combustíveis estejam elevados em função do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Os governadores afirmam que, nos estados, o ICMS é o mesmo nos últimos 12 meses, período em que a gasolina registrou aumento de 40%, em média. “Essa é a maior prova de que se trata de um problema nacional, e, não somente, de uma unidade federativa”, diz a carta.

“Estamos empenhados em mostrar ao povo brasileiro que a política de preços dos combustíveis, adotada pelo Governo Federal e atrelada ao mercado internacional, prejudica o país e sacrifica ainda mais a nossa economia”, afirmou Rui.