Secretária diz que ‘passaporte’ de vacinação pode ser exigido para Carnaval

Fonte: Radar da Bahia

Caso aconteça o Carnaval em 2022, a secretária interina de Saúde, Tereza Paim, disse, nesta quarta-feira (22) que pode haver uma exigência do “passaporte de vacinação” nos portais de acesso aos circuitos. A gestora comentou sobre o assunto durante uma entrevista na Rádio Metrópole.

“O Carnaval na teoria é uma festa que teria tudo para dar errado, e ela é muito certa (…) A resposta é sim, o passaporte pode dar direito às pessoas de estarem um pouco mais livres”, disse em entrevista ao apresentador José Eduardo.

Tereza afirmou ainda que a Secretaria de Saúde do estado (Sesab) trabalha para ter algum tipo de passaporte, além do aplicativo que é disponibilizado pelo SUS, onde cada um pode consultar seu status vacinal.

“O MS tem o ConecteSUS, é um app, você que se vacinou pode baixar e tem o seu passaporte. Todas as pessoas têm que ter acesso. Aqui na Bahia, estamos promovendo com Turismo, Seplan, Educação e Saúde, no sentido de criar ou possibilitar algum tipo de passaporte”, disse.