Calvário rubro-negro: Vitória empata com o Botafogo e segue afundado no Z4

O Vitória segue cavando a própria cova e se afundando ainda mais no Z4 rumo à Série C. Na noite desta quarta-feira (29), o Leão não conseguiu superar o vice-líder Botafogo e empatou novamente na Série B. O jogo, que terminou empatado em 0 a 0, foi realizado no Barradão, em partida válida pela 27ª do campeonato nacional. Ao lado do Cruzeiro, o Vitória é o time que mais empatou na competição. São 14 no total.

Com o resultado, o Vitória segue afundado no Z4, agora com 14 empates em 27 jogos. O Leão soma 26 pontos e ocupa a 18ª posição. O Fogão é o 2º colocado com 48, cinco a menos que o líder Coritiba. Na próxima rodada, a 28ª, o Vitória vai até o estádio da Serrinha, em Goiânia, enfrentar o Goiás, sábado (2), às 16h. Já o Botafogo recebe o Avaí no mesmo, mas às 19h, no Engenhão.

Primeiro tempo
Vitória e Botafogo não tiraram o zero do placar na primeira etapa. O Leão não conseguiu criar boas chances e viu o Alvinegro carioca iniciar a partida em cima, buscando o gol logo no começo da partida. No primeiro ataque do Fogão, Rafael Navarro ajeitou para Marco Antônio. O ex-Bahia invadiu a área e finalizou cruzado de canhota. A bola saiu à esquerda de Lucas Arcanjo, assustando o goleiro do Leão. Aos 4, mais um vez chegou o Botafogo. Cruzamento pela direita, mas Diego Gonçalves cabeceou para fora na segunda trave.

O Vitória repeondeu aos 14. Pela esquerda, a bola foi cruzada na direção da área, Manoel se aproveitou do escorregão de Gilvan e cabeceia sozinho, mas a bola foi por cima do gole de Diego Loureiro. Aos 37, o Botafogo foi para o ataque. Navarro deu passe para Chay na frente da área, ele dominou e bateu firme rasteiro de direita, para defesa em dois tempo de Lucas Arcanjo.

Segundo tempo
O Vitória, que pouco produziu no primeiro tempo, teve as melhores chances com Manoel, que não soube aproveitar as oportunidades. Na segunda, ele apareceu no meio da defesa do Botafogo e cabeceou com muito perigo, mas a bola passou à direita do gol de Diego. Que chance desperdiçou o atacante. O lance seguinte, novamente do Vitória, escanteio cobrado para dentro da área, Diego Loureiro não conseguiu defender. Confusão na área, mas a bola foi para fora.

O Botafogo ficou com menos um em campo. O zagueiro Kanu foi expulso. E o Vitória aproveitou em dois lances seguidos de perigo. Primeiro com Bruno Oliveira, aos 29. Ele recebeu na ponta direita da área, ajeitou para o meio e bateu de esquerda. A boal passou à direita do gol, assustando Diego Loureiro. No lance seguinte, Caíque Souza recebeu na direita e ajeitou e soltou uma pancada, para bela defesa do goleiro do Fogão.

O técnico Wagner Lopes colocou o Leão no ataque e promoveu a entrada de Manoel, mas não demorou muito o atacante também foi expulso na partida, deixando o campo de jogo mais cedo.

NÃO VALEU! O Botafogo chegou a marcar em falta cobrada na área no finalzinho do jogo. Rafael Moura pegou a sobra, girou e bateu firme de direita, mandando para o fundo das redes de Lucas Arcanjo, mas o árbitro imediatamente anulou o lance apontando o impedimento do atacante alvinegro.