Facebook proíbe anúncios de compra e venda de terras da Amazônia

Fonte: Bahia.Ba

O Facebook anunciou que coibirá tentativas de compra e venda de terras em áreas de conservação ambiental na floresta amazônica.

Em anúncio publicado nesta sexta-feira, a rede social informou que as regras valem também para o Instagram e para o WhatsApp, que fazem parte do grupo.

Segundo o Facebook, ela utilizará uma base de dados oficial de áreas protegidas para identificar as possíveis violações de suas políticas de uso. As informações serão fornecidas por uma “organização internacional”, que ainda não teve o nome divulgado.

“As áreas protegidas são cruciais para a conservação de habitats e ecossistemas, e são críticas para enfrentar a crise global da natureza. Com base em critérios específicos, o Facebook buscará identificar e bloquear novas listagens no Marketplace nessas áreas”, diz a nota

As medidas são reações a um documentário produzido pela BBC que mostrou ferramentas comerciais do Facebook sendo usadas para venda de áreas de preservação na Amazônia brasileira.

Segundo a empresa, as medidas serão implementadas “gradualmente”. “Com o tempo, iremos observar como esse processo funciona e faremos as melhorias apropriadas”, informou.