Vice-diretor de colégio estadual é morto a facadas no interior da Bahia; esposa é presa

Luis Carlos Silveira Santos, vice-diretor do Colégio Estadual John Kennedy, localizado na cidade de Santa Cruz da Vitória, foi morto a facadas na última quinta-feira (17), após ter a casa invadida por um jovem de 19 anos.

Após o assassinato, a prefeitura se pronunciou com uma nota nas redes sociais

Reprodução/Redes Sociais

Segundo a Polícia Militar (PM), a esposa de Luís Carlos afirmou que o autor do crime era um homem e que invadiu o imóvel por volta das 4 horas da manhã e que teria feito os dois de reféns. Depois de golpear o homem com uma faca, ele a fez limpar o sangue do marido e esconder o corpo no guarda-roupa.

A companheira do vice-diretor afirmou, em depoimento, que depois do crime o homem teria continuado no imóvel até as 13h, mas que ao pegar no sono ela teria fugido.

Testemunhas contaram à PM que a mulher foi vista tentando pular o muro da casa, enquanto o jovem teria fugido pelo portão.

O crime foi registrado na 6ª Coorpin/Itabuna e, de acordo com a Polícia Civil, a esposa de Luis Carlos teria pedido socorro e foi levada a uma unidade de saúde da cidade. Horas depois do crime, ela e o jovem foram levados para a Coordenadoria, onde foram autuados em flagrante.

O crime ainda está sendo apurado pela polícia civil.

Confira a nota da polícia civil na íntegra:

Conforme registro realizado na 6ª Coorpin/Itabuna, Luís Carlos Silveira Santos foi atingido por golpes de arma branca, na manhã de ontem, dentro da sua residência. Informações iniciais, indicam que a esposa da vítima estava na casa, pediu socorro e foi levada à uma unidade de saúde da cidade. Horas depois do crime, ela e o suspeito de desferir os golpes foram encaminhados por policiais militares para a Coordenadoria, onde acabaram autuados em flagrante. As circunstâncias do crime ainda estão sendo apuradas e os detalhes não podem ser divulgados no momento.