Homem é preso suspeito de transmitir propositalmente HIV para mulheres

Um homem foi preso nesta segunda-feira (21) suspeito de transmitir deliberadamente o vírus HIV para três mulheres, em Pontalina, Goiás.

As mulheres testaram positivo para o vírus após terem relações sexuais sem o uso de preservativo com Leovaldo Francisco da Silva. Além delas, outras três procuraram a polícia para denunciar o homem.

O suspeito é servidor público da prefeitura e atua como vigilante. Ele estaria transmitindo HIV desde, pelo menos, 2019.

A polícia divulgou sua imagem para que outras possíveis vítimas fossem encontradas.

De acordo com o delegado que acompanha o caso, Leylton, o vigilante se relacionou com uma pessoa soropositiva há dois anos e tinha ciência disso. Mesmo assim, ele seguiu a vida sexual normalmente, sem se prevenir ou avisar as mulheres que se relacionaram com ele.