MDB cogita apoiar campanha de Jair Bolsonaro, revela jornal

Segundo o jornal Estado de S.Paulo, o MDB de Baleia Rossi cogita aderir à campanha de reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL). No entanto, apoio só deve acontecer em caso de saída da senadora Simone Tebet como candidata à Presidência.

Ainda de acordo com o jornal, um levantamento feito pelos integrantes da legenda aponta que, sem candidatura própria, o grupo pró-Lula no MDB conseguiria apenas 30% dos votos. Já o atual presidente seria apoiado por cerca de 70% do quadro do partido.

“A minha avaliação é a de que, sem a Simone, daria Bolsonaro na convenção. Das cinco regiões, só uma é mais favorável a Lula. A maioria do MDB tem restrições ao atual presidente, mas é antipetista”, disse ao Estadão o deputado Alceu Moreira (RS), que integra a executiva nacional do partido e preside a Fundação Ulysses Guimarães.

Na Bahia, o MDB está alinhado com o PT. O pré-candidato ao governo do estado pelo partido, Jerônimo Rodrigues, terá o presidente da Câmara Municipal de Salvador, Geraldo Júnior (MDB), na vice.