Professor é condenado a 83 anos de prisão por estupro de alunos

Fonte: A Tarde

Um professor de uma escola de futebol da cidade de Porto Seguro, no sul da Bahia, foi condenado a 83 anos e 11 meses de prisão por estuprar seis crianças e adolescentes. A decisão foi assinada no dia 30 de maio, mas foi divulgada somente nesta sexta-feira, 10.

Wanderson de Souza Vieira foi preso pelos crimes em novembro de 2020, após a mãe de uma das crianças denunciar o estupro de seu filho. A polícia passou a investigar o professor e descobriu outros cinco casos, que teriam acontecido entre os anos de 2016 e 2019. Ele trabalhava na escolinha de Futebol Júnior Trancoso.

As investigações apontaram que ele mantinha relações sexuais com os alunos no centro de treinamento da escolinha, nas viagens com o grupo e no primeiro andar da casa onde morava com a mãe, em Trancoso.

Além de estuprar os alunos, Wanderson tirava fotos íntimas das vítimas e as utilizava para ameaças. Ele também dizia que os alunos perderiam chances em campeonatos se o denunciassem.